Total de visualizações de página

Siga o blog por e-mail !

Basta colocar o endereço no espaço abaixo, aguardar uma mensagem de confirmação e pronto, receba atualizações do blog.

Receba as atualizações por e-mail.

Curta também a nossa página no Facebook

Boa Leitura!!!

Tenham uma boa leitura, deixem suas opiniões e Sejam bem vindos!

Quem sou eu

Minha foto
"Sou um jovem velho, que busca conhecer o mundo, e aprender a viver de forma intensa. Sonhador e devo dizer corajoso (tanto quanto teimoso), procuro descobrir por mim mesmo tudo que tenho vontade,e assim agregar cada vez mais conhecimento de vida. Sou o que sou à procura de mim mesmo. Em busca de respostas e de conhecimento. Sou imperfeito, porem feliz em minha essência."(2010) Ok... Sou um jovem velho...ja mais velho. Que ainda busca conhecer o mundo, mas que ja pôde ter umas experiencias sobre o mesmo. Ainda sonhador, porém agora mais realista do que antes. Teimoso sempre. Apaixonado pelo o ideal de fazer sempre o que nos sentimos bem, e que se tiver que ser doloroso que sirva de lição. (2016)

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

No final....

Me irrito com essas pessoas que vivem na ilusão de que todos são bons...
De que como em um conto de fadas tudo terá um final feliz....
Chega!
Acorde!
Existem pessoas ruins! Falsidade, traições, ódio e imperfeições.
Não perca tempo tentando me convencer dessa sua filosofia clichê...
Dispenso esse teatro! Veja! Olhe a sua volta!
A realidade está ao nosso redor para os que não temem enxergar.
Faça isso, e me poupe do seu personagem sábio e cheio de morais se no momento final até mesmo você sucumbe ao real.

R.Rocha





POR FAVOR NÃO DEIXEM DE VOTAR, SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE ^^

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Meus Falsos Agradecimentos



Para todos um dia especial, onde supostamente são esquecidas todas magoas e decepções causadas.
Um dia qualquer na minhão opinião...
Mas vamos brincar de faz de conta, não é?
Agrademos os tolos que caem na doce inocência de acreditar ainda por um segundo que nos importamos. Lhe dou meus falsos agradecimentos, por tudo que não fez por mim (...)
Sorrio em silencio.
Um dia não se torna especial apenas porque alguém impõe.
Tantos dias... tanto tempo... porque apenas um dia especifico?
Você teve toda uma vida para tornar quantos dias quisesse em especiais.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Ao som do violino


Choro ao ouvi-lo.
Penso em todos que já me deram as costas.
Naqueles dias felizes em que pensava não estar sozinho.
Porque as coisas tem de ser dessa forma?
Já passei por tantos obstáculos... tantas dificuldades...
Com que proposito?

Continuo a ouvi-lo.
Em vão.
Tanta coragem ja tive.
Muito já enfrentei...
Contra números maiores ainda ignorei.
Em busca de que?
Disso?!
Desse vazio que habita em mim?
Indignação.
Seria esse sentimento que possuo?
Não sei.
Em meu âmago sei que sou total responsável pelo que possuo hoje.
Ciente estou...
Conformado jamais.
A musica para por instantes.
Permaneço em silencio.

O som retorna.

Um ser pensamente em um transporte coletivo...





Rotina. Todos os dias eram a mesma rotina. Acordava cedo rumo a mais um dia de trabalho. Seguia ate o mesmo local... Aguardava. E apos um breve instante de espera adentrava no ônibus. Me sentava sempre na mesma poltrona. La no fundo, no canto esquerdo... sentava me só.Com minha cabeça na janela começava minha verdadeira viagem....

Via as arvores passando... as pessoas caminhando... em um mesmo rumo...em um mesmo proposito repetitivo...
Olhava mais acima, vendo o céu limpo e o sol que brilhava para aquecer mais um dia da monotonia humana. Me arrumava novamente... me acomodando de forma mais aconchegante possível... a viagem ainda não esta nem na metade. Pensava nas pessoas daquele mesmo ônibus em que ali estava. Algumas em um dialogo rotineiro com seu parceiro(a) de viagem... ou outras tantas absortas em seus devaneios.


Seguia pensando... me imaginando quantos dias mais viveria aquela vida... Me questionava onde eu pretendia chegar vivendo daquela forma... Como todas as outras vezes, cheguei a mesma pergunta da qual nunca chegava a uma resposta que me bastasse. "Onde eu iria chegar?" Eis que ali habitava meu tormento. Sim. Iria. O perigo existia na diferença entre "Ir" e "Querer" .


Uma freada brusca... 


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Livro : PROFECIA CELESTINA

Eu mesmo iria fazer um post sobre tal livro, entretanto encontrei esse maravilhoso trabalho que concerteza explicou melhor do que eu poderia. Parabéns ao blog "Saindo da Matrix"

Confiram no link abaixo do que se trata o livro:
PROFECIA CELESTINA